Forte e Farol de Stº Inacio

Um dos mais importantes marcos da história de Pernambuco! A 500 metros do mar, foi construído o Forte de Santo Inácio, um dos mais importantes marcos da história de Pernambuco, com objetivo de guardar o porto de Tamandaré das invasões holandesas e servir de abrigo às embarcações portuguesas. Em duas ocasiões, os habitantes da região enfrentaram os holandeses: em 1654, quando 1.500 homens reuniram-se na baía de Tamandaré e aos gritos de Deus e Liberdade, dirigiram-se para Rio Formoso, onde derrotaram os invasores. Um mês depois eles retornaram em número bem maior, e conseguiram vencer os luso-brasileiros, que para não aceitar a derrota da batalha naval, preferiram a morte: queimaram os barcos e se jogaram ao mar.

O Forte de Santo Inácio, ou de Tamandaré, também participou da guerra dos Cabanos (1831/1836), e serviu ainda de prisão temporária para os revoltosos que aguardavam embarque para Fernando de Noronha e Recife. Na II Guerra Mundial, o forte de Santo Inácio abrigou as tropas do exército que protegiam a costa brasileira de possíveis ataques, e que lá permaneceram até 1945. O Forte de Tamandaré apresenta semelhanças físicas com o forte das Cinco Pontas (localizado em Recife), uma fortaleza reformada pela mesma pessoa que projetou o Forte de Santo Inácio em 1691: o engenheiro Antônio Correia Pinto. A construção se deu com ajuda dos moradores vizinhos (os donos de engenhos) que forneceram madeira, trabalhadores e animais. As pedras foram levadas por via marítima, de Porto Calvo, em Alagoas. O forte demorou catorze anos para ficar pronto. Hoje ele se encontra sob a guarda da Capitania dos Portos do Ministério da Marinha.

Iluminando o caminho dos navegadores

Dentro do Forte de Santo Inácio foi inaugurado, em 1902, um Farol metálico com a função de guiar os navios que chegavam a esta região do litoral de Pernambuco. Trinta anos depois ele foi substituído por outro, desta vez construído em concreto. O farol tem alcance de 14 milhas em tempo claro.



 

© atodigital.com

melhor visualização 8oox6oo sugestões e comentários: contato@guiatamandare.com.br