Recifes de Corais

Uma das mais extraordinárias formações da natureza, os recifes de corais são privilégio dos mares tropicais e patrimônio de poucos países em todo o mundo. No Atlântico Sul, apenas o Brasil possui esse tipo de formação. Os recifes de corais do mar de Tamandaré são um presente da natureza que levou milhares de anos para se formar. A evolução biológica e geológica deixou marcas que só fazem tornar ainda mais raro o espetáculo de vida marinha, com centenas de espécies de animais e plantas.

Os amantes da natureza vão encontrar piscinas naturais formadas pelos recifes de corais, que além de protegerem a costa, por formarem um dique natural que impede o avanço do mar, servem também de abrigo para inúmeras espécies de peixes e camarões. Os recifes funcionam como habitat de várias espécies que precisam desse ecossistema para sobreviver. Em Tamandaré já foram encontradas 105 espécies de peixes diferentes. É um local perfeito para o turismo ecológico.

Como proceder nas proximidades dos recifes de corais?
» A âncora da embarcação deve ser jogada em superfície arenosa, nunca nos recifes
» Não colete nenhum organismo encontrado nos recifes, como corais e peixes
» Ao mergulhar, tome cuidado com as nadadeiras, evitando bater nos corais
» Não pise ou toque nos corais - isso poderá matá-los
» Evite a caça submarina perto dos corais
» Não jogue lixo perto dos corais
Lembre-se que os recifes de corais não são pedras. São organismos vivos que sofrem impactos irreversíveis ao menor contato com seres humanos e embarcações.
 

 

© atodigital.com

melhor visualização 8oox6oo sugestões e comentários: contato@guiatamandare.com.br